A Maneira Mais Rápida Para Ter Um Site Profissional.

Hey Hey Hey amigo!

Você já deve ter aprendido que para ter uma campanha que dá retornos milionários no Facebook, precisará criar anúncios com conteúdo de qualidade oferecido gratuitamente, né?

Além disso, mais cedo ou mais tarde seu negócio precisará de um e-commerce. Um site para vender seus produtos à clientes de todo o Brasil ou do mundo. Só você vai ficar de fora dessa?

Não lute contra isso.

Veja bem… O e-commerce foi o único setor da economia que não sofreu o forte impacto da crise. Não é só isso: a Associação Brasileira de Comércio Eletrônico estima que que as vendas na internet devem crescer 18% em relação a 2015. Isso representa um valor de cerca R$ 200 milhões que os brasileiros irão gastar em lojas virtuais nesse ano.

E você precisa ter uma porcentagem desse valor. Porque seus clientes estão comprando online nesse momento, talvez até mesmo da concorrência. (Ai, não!)

Éééééé… está na hora de colocar um blog ou site no ar!

Mas não algo qualquer: Pedir ao sobrinho Web Designer para colocar uma página online, isso não vai funcionar nesses tempos de Web 2.0. Você precisa de um site com e-commerce, com blog, que gere conteúdo relevante, que faça as pessoas quererem conhecer o jeito como sua marca trabalha e que tenha um diferencial.

“Mas Pedro, um blog ou site é muito caro ou muito complicado de se fazer… Prefiro ficar vendendo para as pessoas da minha cidade…”

 

Se Você Não é Relevante Online, Já Está Deixando de Vender Mais

O quê? E perder o poder de alcance? Quantas pessoas conhecem seu negócio? Quanto tráfego sua loja física recebe diariamente? E se te dissesse que, segundo o Comitê Gestor de Internet, mais da metade dos brasileiros (59%) usam a internet todos os dias? O equivalente a 86 milhões de clientes que poderiam estar olhando para os seus produtos nesse momento.

Quantos clientes passam na frente do seu negócio?

Não é um quarto desse valor?

Então, se você não for relevante online, já está deixando de vendar mais do que pode.

E para você que já sabe disso tudo – inclusive experimentou brincar com o WordPress, mas encontrou dificuldades –  aí vai outra notícia:

Nós vamos te ensinar a ter um blog/site profissional em menos de 10 minutos. 

E também vai descobrir que fazê-lo é mais barato que 2 pizzas médias com refri.

Então, fique conosco. Em pouquíssimos minutos vai descobrir como levar sua vendas para outro nível.

 

Não Precisa Ser Programador Para Ter Um Site Profissional

“Pedro, eu não entendo nada de programação, não sou jornalista e nem mesmo tenho graduação superior… Nesse caso, é vantagem ter um blog?”

Escrevendo sobre o que você gosta em blogJá escutei comentários como esses com regularidade. E a resposta que venho dado é sempre a mesma.

Você não precisa de nada disso! Nem mesmo precisa ser programador. Palavra de escoteiro.

Já tive muitos alunos que seguiram esse conselho e hoje tem negócios lucrativos baseados nos seus próprios sites.

 

Site: O Seu Melhor Cartão de Visitas

Imagine quantos novos clientes você pode conquistar, quando eles lerem um artigo seu que ajudou a resolver um problema crítico deles.

Além disso, sites servem como um principal cartão de visitas: qual a melhor forma de se demonstrar às pessoas que é um excelente arquiteto? Publicando um artigo sobre algum projeto ou resolução de problema.

Imagine quantos novos clientes você pode conquistar, quando eles lerem um artigo seu que ajudou a resolver um problema crítico deles.

Rapidamente se formaria uma comunidade em volta do seu site. Quantos negócios poderiam surgir daí?

Ah… E as informações que normalmente constam num cartão visitas também podem ser colocadas online. Com a vantagem de que  ninguém pode perder o seu “cartão de visitas digital” – o seu site.

Pronto! Mais barato do que imprimir em revista ou panfleto. Você não precisa atrair a atenção de algum jornalista e nem contratar um publicitário para se divulgar. É você falando sobre o que gosta para as pessoas interessadas em te ouvir e comprar de você.

Como Ter Um Site Pelo “Método dos 10 Minutos”

Sabe o que é engraçado?

É que você vai levar mais tempo lendo esse artigo do que montando seu blog 😉 (mas vai por mim, valerá a pena)

A primeira coisa que precisa saber é que para se ter um site é preciso seguir apenas 3 simples passos, que nós agrupamos nesse post em uma técnica que se chama: o “Método dos 10 Minutos”!

Vamos ver quais são?

Bora então:

expot

 

Ainda parece complicado? Pois fique tranquilo, agora nós vamos ensinar detalhadamente e sem muito enrolar como obter cada um desses requisitos para um blog de sucesso.

Vem comigo…

 

Passo 1 – Como Adquirir Um Domínio

Um domínio é basicamente o nome do seu site expresso para que os navegadores de internet possam identificar.

É o mesmo que dizer que a “Padaria do Silva” fica no endereço “Rua Júlio de Castilhos, nº 24”.

Se você tivesse que ir comprar pão nesse estabelecimento sem saber sua localização, a maneira mais rápida é procurar pelo endereço né?

(Tá… poderia usar o Google Maps no smarthphone também… Mas vamos dizer que está sem bateria)

como registrar um domínioNa internet funciona assim: Para que as pessoas possam rapidamente localizar o seu site é mais rápido digitando www.seudomínio.com.br (ou .net, ou .com, etc) do que muitas vezes buscando no Google.

Outra vantagem em se registrar um domínio é que você também recebe um endereço de e-mail junto dele.

Então, caso o Seu Silva da Padaria tivesse um site poderia ser: www.padariadosilva.com.br e seu e-mail logo poderia ser contato@padariadosilva.com.br.

Muito mais profissional do que se apresentar com um email do Gmail, Yahoo ou BOL, não é? 🙂

Mas como é feito esse registro?

Barbada! Olha só…

 

Como Registar Um Domínio na Internet?

Fazer isso é muito simples, bastar acessar um site de Registro de Domínio, temos vários no Brasil (mas  recomendamos esse aqui, por vários motivos que você vai ver no passo 2).

E o preço é sempre o mesmo: R$ 30. Nada mais. Eu disse: mais barato que pizza.

Mas para registrar um domínio, primeiramente é importante saber se ele está disponível para compra.

1. Então Clique aqui para acessar a ferramenta de pequisas de domínios;

2. No campo “Pesquisar um domínio”, digite pelo nome que você planejou comprar (o nome que você gostaria de ter para seu site deve ser o mesmo do seu negócio) e clique em “Pesquisar”.

Nota: se as opção .com e .com.br já tiverem sito ocupadas. Você pode tentar .net ou outra extensão disponível. Mas é de suma importância que seu site tenha o nome do seu negócio. Ou o seu nome próprio se esse também for o nome da sua pessoa jurídica.

Importante: de preferência use seu Nome Fantasia ao invés da Razão Social. Pois geralmente é mais fácil de ser lembrado pelos clientes.

  1. Nesse caso, o domínio “padariadosilva.com.br” estava livre. Olha só:

Mas o que aconteceria se não estivesse?

Por exemplo, se o registro fosse um nome mais geral como “padaria”, não estaria disponível em versão “.com” ou “.com.br” e ai teríamos que optar por outros.

E é aí que está um problema!

  1. Escolheu seu domínio? Está disponível? Ótimo! Não faça mais nada agora. Apenas continue lendo que vamos usar seu dominio na próxima etapa, ok?

(Importante: Não precisa registrar nesse momento o domínio. Basta descobrir se ele está disponível. Pode deixar para comprar o domínio mais a frente, junto com a hospedagem – explicaremos o porquê em breve).

 

Passo 2 – Como Contratar Uma Hospedagem Para Seu Blog

Uma boa empresa de hospedagem nunca vai te deixar na mão. Se seu site sair do ar, eles farão de tudo para resolver o seu problema.

Mas o que é um “serviço de hospedagem”?

Hospedagem é uma empresa responsável por guardar seu site e mantê-lo no ar, não importando quanto tráfego receba. Dessa forma, você pagará um valor bem baixinho por mês e essa empresa utilizará seus servidores para manter seu site no ar 24h/dia, 7 dias/semana.

Mesmo quem está começando, precisa estar ciente que é importante contar com o suporte de um serviço de qualidade.

contrate os serviços de hospedagem de sites

Nada de Serviço Gratuito!

Dica Importante: Só não escolha as famosas empresas de hospedagem gratuita… É sério gente, assim como você não pode dormir em um hotel de graça, tampouco irá se beneficiar de um serviços de qualidade para seu site se não pagar pelos serviços.

O que precisa-se prestar atenção ao contratar sua hospedagem? 

  • Sites ILIMITADOS (você pode ter mais de um site/blog);
  • Emails ILIMITADOS (quantas contas de email você quiser);
  • Espaço em disco para dados ILIMITADO (para ter quantas fotos, videos e arquivos precisar);
  • Limite de transferência de dados mensal ILIMITADA;
  • Suporte por telefone e chat 24h/dai (para quando você tiver uma dúvida);

Depois de quase 20 anos trabalhando com empresas de hospedagem, eu passei os últimos 10 anos trabalhando com aquela que hoje é referência no mundo… e disparada uma das melhores do mercado.

Bem mais barata do que uma pizza.

 

Clique Aqui Para Ver a Empresa de Hospedagem Recomendada!

Escolha o plano que mais se encaixe ao orçamento que você tem para o blog, crie sua conta e finalize seu pedido.

Daí é só pagar o boleto.

 

Como optamos por indicar uma empresa de hospedagem, abaixo mostraremos como se hospedar com eles.

Você, claro, é livre para escolher a empresa que melhor lhe agradar (apesar ser complicado de achar uma empresa com os mesmos serviços, por esse custo). Se prefere outra empresa, não tem problema, apenas pule essa etapa.

Contratando Hospedagem Em 4 Passos Com a HostGator (Clique Para Ler)

  1. Entre no site da empresa (link para acesso) e escolha o plano que melhor combina com seu orçamento. Recomendamos o “Plano M” por ser tudo ILIMITADO.

 

  1. Você será encaminhado para essa página. Agora sim será a hora de registrarmos o domínio que você escolheu na etapa anterior. Por isso, escolha a opção “Registrar um novo domínio”, digite o nome que você deseja e prossiga.

  1. Preencha os dados solicitados no cadastro com bastante atenção, ok?

 

  1. Escolha uma forma de pagamento (normalmente o pessoal prefere pagar um boleto) e clique em “Finalizar Compra”.

Simples, sem muita preocupação né?

Conte Com Ajuda do Suporte!

Outra dica que vale ouro: se você tiver alguma dúvida durante cadastro de hospedagem, chame um atendente por chat no site. Embora isso leve mais do que 10 minutos, seus problemas serão solucionados num estante e você terá seu site em menos de 1 hora com certeza. 😉  

Não foi à toa que indicamos uma hospedagem de qualidade!

 

Agora é a vez de ter um blog…

São tantas opções, mas vamos te dar a melhor delas logo abaixo!

 

Passo 3 – WordPress: A Ferramenta Para Blogs Profissionais

Até pouco tempo, ter um site de qualidade custava mais de R$7 mil. Hoje você pode ter um site e blog profissional gastando ZERO reais com desenvolvimento. Veja como abaixo!

Veja só essa lista de mega sites da internet:

cafe

O que estes sites, que recebem milhões de visitantes por dia, tem em comum?

Em se tratando de conteúdo, nada… Um fala sobre videogames, outro é um site do governo e tem ainda uma emissora de rádio online aí.

Mas em se tratando de tecnologia, eles têm muito a ver.

Todos eles foram feitos com a melhor ferramenta para criação de sites disponível atualmente: o WordPress.

Ele é um “gerenciador de conteúdo”, ou seja, ele serve para cuidar de todo a estrutura do seu blog sem que você tenha que saber NADA de programação. Além disso, ele é totalmente customizável, você pode ter o design que quiser e tem o maior acervo de “plug-ins”, que são como se fosse “aplicativos” (esses que você baixa no celular), só que para blogs.

Quer ter uma loja virtual? Um CRM? Uma galeria de fotos? Formulário de contato? Integrar com Facebook? Email Marketing? Seja lá o que for que você imagine… provavelmente tem um plugin para aquilo pronto para ser usado.

Mas WordPress é melhor que outras ferramentas, como o Wix ou Blogger?

Minha nossa. Não tem comparação.

Se você ainda dúvida disso, não deixe de ler o box abaixo sobre a relação entre o Wix, o Blogger e o WordPress.

 

Porque o WordPress Vence Facilmente o Wix e o Blogger? (Clique Para Ler)

Uma dúvida constante que recebo dos leitores do Para o Alto e Avante é sobre qual gerenciador de conteúdo vale mais a pena. Wix, Blogger ou WordPress?

É lógico que sempre indico o WordPress por ser o mais em conta. Pelos motivos já explicados nesse artigo. Mesmo assim, alguns alunos permanecem em dúvida.

Então vale algumas palavras comparando as plataformas.

Tá na hora do UFC dos gerenciadores de conteúdo!!!

 

Round 1: WordPress versus Wix

porque o wordpress é melhor que o wixApesar de customizavel, o Wix investe pesado em publicidade online e é facilmente visto em banners do AdSense ou entre os comerciais do YouTube. Realmente uma plataforma fácil de trabalhar e que oferece muitas ferramentas para webmasters.

Entretanto, as vantagens acabam aí. Para quem quer ser blogueiro, não há nenhuma ferramenta oferecida pelo Wix que o WordPress não tenha disponível (e com alguns plug-ins, o WP faz melhor).

Veja essa imagem:

É isso aí, o WordPress possui mais de 37 mil plug-ins que oferecem mais flexibilidade para o seu blog. Você só precisa saber qual deles usar. O que não é difícil, basta procurar por “WordPress Plugin para fazer X coisa” no Google 😉

Tudo bem. À primeira vista parece que o Wix tem mais recursos. Porém, essa sensação some quando se descobre as funcionalidades dos plug-ins.

 

Qual deles tem o melhor design?

Em uma primeira vista, é até possível dizer que os layouts oferecidos pelos Wix são mais bonitos. Até o momento em que você descobre os temas (“theme” ou “template” e inglês) do WordPress. Aí ele vira imbatível.

São tantas opções disponíveis, entre pagas e gratuitas, que você pode escolher o layout que mais se encaixa com a visão que você tem para o seu site. Mesmo os temas gratuitos são de extrema qualidade.

E o melhor disso é a flexibilidade. Você pode trabalhar em cima de um tema do WordPress e adicionar Widgets e plug-ins que farão seu blog ter OUTRA aparência.

 

Round 2: WodPress Vs Blogger

Há! Quando o assunto é comprar com o Blogger, o WordPress vence de “Perfect”.

É verdade. Qual a vantagem que o Blogger (ou blogspot) poderia ter sobre o WordPress?

Ele é gratuito?

Bem, até aí o WP também. E a versão paga do WordPress (a recomendada) é ainda melhor!

Veja alguns COMBOS que garantem a vitória do WP sobre o BLOGGER:

info

 

Com certeza o WordPress é o melhor gerenciador de conteúdo que você pode querer para começar um site do zero e se tornar profissional na área.

Entretanto, antes é preciso ter domínio e hospedagem integrados…

Então, vamos falar disso longo abaixo 😉

 

Agora que já decidiu pelo WordPress, é importantíssimo que me conceda mais 1 minutinho de atenção no tópico abaixo…

Sim! É ali que você entenderá como integrar o domínio comprado, com a hospedagem contratada com o WordPress.

Você tem que ler… Ou pode cometer um erro básico em que muitos blogueiros pecam.

 

Não crie uma conta no WordPress.com!

Muita calma nessa hora: Preste atenção nessa etapa… ou você pode acabar com um blog que não faz nada do que mostramos até agora!

Atenção: Não use o site WordPress.com!

Muitas pessoas, animadas com a chance de ter um blog matador e que possa virar um negócio com o WordPress, sai correndo para o Google, pesquisa sobre o nome  “WordPress” e acha o site WordPress.com, que é um serviço oferecido pela empresa.

Não é ai que você vai criar sua conta!

Como você já comprou um domínio e hospedagem nos passos 1 e 2 deste artigo, é com eles que queremos usar o WordPress, e não ainda ter mais um site que vai gerar um custo a mais.

E se você optar pela versão gratuita do WordPress.com, ela não deixa você usar os fantásticos plugins que falamos anteriormente. E você é obrigado a ter um nome “SeuNome.wordpress.com”, ai invés de “SeuNome.com.br” que é o certo para um blog sério e que quer ganhar popularidade e gerar dinheiro para o dono.

Então, como fazemos isso?

 

 

como usar wordpress com dominio e hospedagemQuer o jeito mais fácil? Preparado(a)?

Deixe a empresa fazer isso para você. Grátis!

Quando você comprar seu domínio e hospedagem, um dos motivos que recomendamos esta empresa é que eles tem o serviço de instalação de WordPress DENTRO do seu site.

Isso quer dizer que com apenas alguns cliques, você aciona a ferramenta deles de auto-instalação e em 20 segundos seu WordPress vai estar instalado e rodando lindo e suave, sem stress.

Como uso essa ferramenta?  Clique aqui neste link para ver o passo a passo.

É só acessar esse link acima que você será direcionado para um post que te ensina a pôr o site no ar em 5 minutos.

Somado ao tempo que levou para comprar domínio e hospedagem e “voilà”…

Um blog em 10 minutos!

Importante: Se você optar por contratar outra empresa de hospedagem, entre em contato com o suporte de sua hospedagem e pergunte “como proceder para instalar o WordPress em sua conta”.

Você sabia que ter um blog era assim tão fácil?

Então corre nos sites indicados e comece agora o seu blog…

Ah, mas espera, tenho uma surpresa para você no tópico abaixo.

 

Ter o Blog é Só o Começo: Transforme o Hobby No Seu Negócio!

Muito bem, parabéns por ter chego até aqui.

Logo, logo vou te passar um brinde surpresa.

Antes disso, vale dizer que começando um blog, você deu apenas um pequeno passo para contar ao mundo sobre aquilo que você mais gosta: seus hobbys, ofícios e paixões!

Porém, se sua intenção é ganhar a vida exclusivamente com seu site, aqui vai algumas perguntas importantes a serem feitas:

  • Você conhece todas as funcionalidades do WordPress?
  • Sabe gerar conteúdo contagiante, capaz de fazer muitas pessoas tornarem-se seu fã?
  • E principalmente: Quais as principais formas de monetizar e fazer o seu Blog gerar renda?

(Não, não existe só o AdSense, saiba o que é aqui)

 

 

Bom, agora é mãos à obra!

Não deixe de escrever aqui nos comentários o que pretende fazer agora que já tem um blog. Eu prometo responder suas dúvidas para que você consiga seus primeiros mil reais ou seguidores com esse site. E poste abaixo também, as dúvidas que você sobre sites.

Abração!

 

modelo4

Previous post

Supercast #04 - Quer Fazer Sucesso Com Vídeos? Aprenda Com a Lenda Vitor Alli

Next post

Os 10 Passos Para Escrever Um Post Épico E Sem Dificuldade

Pedro Superti

Pedro Superti

Pedro Superti ajuda empresas a se tornarem líderes de seus segmentos usando estratégias de promoção online. Além de empresário e palestrante, possui diversos treinamentos que podem levar seu negócio para o próximo nível de posicionamento. Saiba mais neste blog!

6 Comments

  1. Adriana Shotoko
    31/07/2015 at 6:09 PM

    Olá…Eu possuo dois bloggers no blogger, utilizo como ferramenta educacional. Utilizo o Facebook, google+, e até e-mail pura compartilhar minhas postagens. A idéia agora é unificar e seguir suas recomendações. Gostaria de algumas dicas.
    Obrigada

  2. Pedro Superti
    03/08/2015 at 12:53 PM

    Oi Adriana! A dica é migrar do Blogger para o WordPress. Como falamos neste artigo, não tem comparação entre um e outro, é um mundo muito mais feliz e completo com o WordPress. Você pode continuar divulgando FB, Google+ e email sim para divulgar. Quem sabe a estréia do “novo blog” não seja até um motivo para fazer um evento, uma palestra online, ou uma promoção com seus leitores? Obrigado por acompanhar o site aqui e nos conte como ficou seu novo site, ok? 😉

  3. Lilia
    07/08/2016 at 9:45 PM

    Oi Pedro, sou argentina, algum amigo brasileiro me direcionou a esta página e achei súperrr interessante e excelente, nunca tinha lido algo tão claro sobre esse assunto. Eu sou professora de português e faço traduções do português para o espanhol de trabalhos acadêmicos para mestrandos ou doutorandos que estão fazendo pós-graduação no meu país, também quero dar aulas virtuais de espanhol para brasileiros. Preciso de um blog e de conselhos. Suponho que o serviço que você oferece é dentro do Brasil. Tem alguma coisa para me sugerir?? Obrigada

  4. 12/09/2016 at 3:42 PM

    Artigo muito bom, longo e completo.
    Pra quem não criou ainda o site, fizemos um apostagem sobre: http://poderweb.com.br/como-fazer-site/

  5. marcia
    29/09/2016 at 9:34 AM

    Olá, pretendo vender artigos infantis que eu mesmo confecciono, é pertinente fazer um site ou blog, para vender on line, ou só no Facebook pode ser suficiente?
    Desde já agradeço!

    Marcia Antunes

  6. 02/10/2016 at 5:51 PM

    Show de bola Pedro Superti. Parabéns, gostei muito dos artigos aqui publicados, ele vão direto ao ponto, ensinando desde o mais básico para quem está começando. Muito obrigado e abraço.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *