Você já ouviu falar dos “Novos Ricos”?

Descubra a resposta em duas formas: dê o play no vídeo acima. Ou se preferir, leia no post a seguir.

O que será que significa esse termo que  a mídia tem utilizado com tanta frequência?

 

Você já deve tê-lo visto em reportagens em revistas e jornais.

E, quem são os novos empreendedores? Ou melhor: você já ouviu falar dos novos Empreendedores Digitais?

Se você acompanhou a TV aberta recentemente, já sabe que até mesmo o Jornal Nacional fez uma matéria sobre as pessoas que descobriram novas formas de trabalho.

Imagine só: são serviços realizados em casa (isso quer dizer que muitos desses trabalhadores nem sequer colocam a cueca para trabalhar), eles tem uma carga horária de 4 horas semanais, esse profissional não precisa passar por problemas como ônibus lotado, assaltos na saída do serviços, chefes chatos.

feet-480685_1280E digo mais: são profissionais que passam uma grande parte da sua semana nas redes sociais, no Google e em muitos sites – e outra parte da semana até viajando, sem se preocupar com horários. Já pensou poder trabalhar na praia?

Mas, o que será um Novo Rico? E como eles ganham a vida sem sair de casa???

Você deve estar se perguntando nesse momento. Mas fique tranquilo que aqui no Para o Alto e Avante, nenhum leitor fica sem resposta.

Só que antes de responder a segunda questão, deixe-me responder primeiro a pergunta que abriu esse post, tá?

 

Quem são esses “Novos Ricos”?

E que pode fazer uma diferença muito grande na vida das pessoas que acordarem para o momento que estamos vivendo

024957519_prevstillSe levarmos esse termo de uma forma literal, Novos Ricos pode significar muita coisa, não?

Poderia ser uma pessoa muito pobre que ficou milionária de uma hora para outra.

Ou então uma pessoas muito jovem que é rica. Talvez o filho de um ricaço, né?

Mas dessa vez, o termo Novos Ricos terá um significado muito mais amplo do que isso. E se você continuar a leitura desse artigo, vou te ensinar como você também pode tornar-se um Novo Rico!

Mas, antes disso, gostaria compartilhar com você minha experiência de vida  e falar sobre uma revolução que estamos vivendo no momento… E que pode fazer uma diferença muito grande na vida das pessoas que acordarem para o momento que estamos vivendo.

 

Como trabalhar no mercado digital?

A gente foi crescendo, crescendo e em dois anos e meio, tínhamos mais de 30 pessoas trabalhando, fazendo vários serviços diferentes e atendendo diversos clientes. Todos eles online! Mas isso tudo ia mudar para pior…

Meu nome é Pedro Superti, eu tenho 30 anos e há mais ou menos uns 6 ou 7 anos atrás montei uma agência digital especializada em oferecer serviços diversos de publicidade online: SEO, Google Adwords, Facebook Ads e consultoria.

Começar essa empresa foi um desafio e tanto!

pedrosupertiEstávamos diante de uma mídia nova e havia muita informação para se buscar lá fora. Ainda havia pouca coisa parecida no Brasil e precisávamos confiar em artigos de sites gringos e um nos outros para poder entregar as campanhas para nossos clientes.

Era realmente muito legal! Nós crescemos muito rápido. Eu consegui investidores e sócios; contratamos uma equipe enorme.

A gente foi crescendo, crescendo e em dois anos e meio, tínhamos mais de 30 pessoas trabalhando, fazendo vários serviços diferentes e atendendo diversos clientes. Todos eles online! Mas isso tudo ia mudar para pior…

Muito Aprendizado… Muito Trabalho… E Muito Estresse!

Foi uma época de aprendizado muito grande,  mas de um estresse sem tamanho: eu ganhei peso que estou tentando perder até hoje; envelheci não sei quanto anos; não dormia; não comia; não tinha tempo para minha esposa – era recém casado na época.

Foi um período muito estressante!

 

O Encontro com o Mentor!

E se você leu esse título agora e ficou espantado ( Como assim trabalhar apenas 4 horas por semana???), saiba que eu também senti esse mesmo espanto!

Naquela época, eu acabei descobrindo na internet uma entrevista com uma pessoa chamada Tim Ferriss.

Meet The Author: Tim Ferriss "The 4-Hour Body"Se você olhar para a foto dele ao lado, vai pensar “o que será que essa pessoa pode ter ensinado de tem útil?”

Bem, você pode descobrir mais sobre ele no link da Wikipédia que deixei ali acima (só clicar no nome dele).

O que importa aqui não é quem ele é… Mas, como acontece com todos os grande pensadores, o que importa é a sua mensagem!

E a mensagem principal de Tim pode ser encontrada em um livro chamando “Trabalhe 4 Horas por Semana”.

E se você leu esse título agora e ficou espantado ( Como assim trabalhar apenas 4 horas por semana???), saiba que eu também senti esse mesmo espanto!

Só que, como um bom aprendiz, não deixei a mensagem de Tim se perder. Comprei um exemplar imediatamente e devorei cada palavra desse autor. Eu li essa obra umas 10 vezes e o livro que eu tenho lá em casa já está até amassado, sujo e todo riscado…

trabalhe-4-horas-por-semanaE não é para menos, né?

Olha a proposta da obra: “fuja da rotina, viva onde quiser e fique rico”.

Lembro que a primeira vez que o li, fiz como essas pessoas quem leem àqueles livrões da “Guerra dos Tronos” em um final de semana. Só que eu consumi o “Trabalhe 4 Horas por Semana” em 1 dia e 1 noite (na primeira vez).

Foi só então que eu tive o insight de aplicar toda a mensagem do livro a minha nova vida.

E foi lá que eu descobri a verdade sobre os Novos Ricos.

 

O Ouro está ficando velho…

photo-1421986527537-888d998adb74Se você chegou até aqui já deve ter descoberto que os “Novos Ricos” são um novo tipo de empreendedor que sabe aproveitar os confortos da vida moderna?

Eles não tem nada a ver com jovens milionários ou herdeiros de heranças.

Mas a pergunta que ainda paira no ar é “Como ganhar a vida trabalhando apenas 4 horas por semana?”, não é?

A verdade é que o livro ensina muitas fórmulas. No entanto, eu gostaria de me focar aqui exclusivamente no modo como eu descobri e que qualquer pessoa pode conhecer para se tornar um novo rico.

Vamos lá?

Para isso, eu gostaria de citar um trecho do livro de Tim Ferris que fala sobre esse assunto.

Vejamos:

“O ouro está ficando velho. Os Novos Ricos (NR) são aqueles que abandonam os planos de uma vida adiada e criam estilos de vida luxuosos no presente, usando uma moeda dos Novos Ricos: tempo e mobilidade. Isso é uma arte e uma ciência a que nos referiremos daqui em diante como Projeto de Vida (PV).”

Tempo e Mobilidade são palavras muito forte nessa passagem.

Para você entender e vir a se tornar um Novo Rico, você precisar conhecer bem esses conceitos e saber como dominá-los, ao invés de deixar que dificuldade de mobilidade e falta de tempo (ou recursos) controlem você.

UJO0jYLtRte4qpyA37Xu_9X6A7388

É por isso que você precisa conhecer quais serão os negócios que irão dar muito dinheiro nesse século. E “queimar” alguns conceitos que carregamos conosco. Que todas as pessoas carregam consigo desde a era da Revolução Industrial.

Ou seja: conceitos de 2 séculos atrás…

 

Empresas da época Industrial

São as características que a definem, mas também são suas maiores desvantagem. É por causas dessas 3 características que essas empresas perdem em tempo e mobilidade.

Ao me falar de conceitos de 2 séculos atrás quero dizer que hoje existem empresas tradicionais. Aquelas que eu costumo chamar de “empresas da época industrial”.

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

São as lojas, supermercados, fábricas ou escritórios que seguem a mesma estrutura de trabalho criada no século IXX. Empresas que não conseguem superar 3 características marcantes.

São as características que a definem, mas também são suas maiores desvantagem. É por causas dessas 3 características que essas empresas perdem em Tempo e em Mobilidade.

Essas 3 características se aplicam a quase todos os negócios: consultório dentário, psicologia, uma empresa de pintura, um supermercado, uma loja, enfim, quase todos os negócios que a gente tem hoje se enquadram nisso.

 

1ª Característica: Precisam de um lugar físico

metrosp_lotado1Desde que surgiu uma fábrica, precisou haver uma sede fixa grande para comportar todo o maquinário. Até mesmo o comércio precisa de um local com prateleiras ou espaços para colocar os produtos. As pessoas precisam ir até esses locais físicos, precisam trabalhar e voltar para casa no final do dia.

Precisam enfrentar ônibus lotado, correr pelas calçadas para não chegar atrasado ou sair de carro e ter que lidar com o dia a dia do transito.

Essa peculiaridade gera um segundo problema para os funcionários: precisam lidar com horário.

A empresa da era industrial precisa ter horário de expediente para que todos cheguem na mesma hora. Não importa se um funcionário more no mesmo bairro da empresa e outro em uma localidade distante.

E, por falar em localidade, localização é outra característica das empresas da era industrial.

2º Lugar – Localização

Agora que a empresa já possui uma sede. Essa sede precisa estar em um local privilegiado.

Um fábrica em um bairro muito rural poderia ter dificuldade para contratar novos funcionários não?

E por esse motivos, as lojas brigam por um ponto no centro das cidades. Para poderem ficar no caminho de um grande número de pessoas que passam pelo local constantemente.

Assim é mais fácil das pessoas serem atraídas pelos produtos expostos nas vitrinas.

Os Shopping Center nasceram desses conceitos.

 

3º Lugar – Caixa

 

E a terceira característica desses negócios da era industrial é que precisa de um caixa para as pessoas irem e entregarem o dinheiro para você.

Você computa ali e faz o pagamento. Aquele dinheiro vai para a empresa. Paga toda a operação.

Acostumados a dois séculos com esse sistema de trabalho, esse modelo já está na nossa mente, na mente dos nossos pais e dos nossos avós depois deles.

Nós crescemos em um mundo assim… Porém, não quer dizer que é assim que sua vida precisa ser!

 

O passo decisivo!

 

Processed with VSCOcam with hb2 preset

Algumas pessoas são chamadas de loucas. Mas elas veem o mundo de forma diferente. Não se importam em nadar com todo o cardume. Elas querem ter domínio sobre suas vidas.

Decidir os horários em que irão trabalhar e quando querem passar mair tempo com suas famílias e amigos.

No entanto, a grande maioria das pessoas ainda irá preferir o jogar conforme as regras das empresas da era industrial.

Tudo bem que muitas vezes, essas pessoas até tiveram o grande insight de desenvolver um negócio próprio. E não conseguiram colocar essa ideia no papel. Ou mesmo se sentiram sozinho quando tentaram empreender.

É não para menos: como já disse acima, vivemos ouvindo desde nossos avôs que o importante é ter um bom emprego, estudar para ter um bom emprego, para ganhar dinheiro e para sustentar uma família.

Os Novos Ricos são aqueles que descobrem como ganhar dinheiro no tempo e no ritmo que acharem necessário. Que não vão dar ouvidos as opiniões alheias (você precisa de uma casa e ganhar dinheiro para prover sua família), o que o Tim Ferris fala no livro, que realmente me abriu muito os olhos com relação aos Novos Ricos é que hoje em dia você pode viver uma vida “como um rico, sem ser rico”.

Tendo um negócio que financie esse estilo de vida que você tem.

Se você é um leitor os mais velhos, poder até dizer que já tentaram empreender, mas que perceberam não ser possível viver seguramente nesse modo de negócios. Mas se é um leitor mais novo, talvez não tenha a vivência necessária para entender sobre cair um tombo ao empreender.

Então, me permita explicar isso com um exemplo.

 

 Deixar de fazer o que ama,

Fazer o que dá dinheiro

99% das vezes, as pessoas tendem a abrir de fazer o amam, para fazer algo que dará o seu sustento – ou o sustento de sua família.

photo-1422222948315-28aadb7a2cb8

Digamos que uma pessoa tem o sonho de ser jornalista.

Essa pessoa faz uma pesquisa sobre esse mercado, curso e investimento e descobre que seu salário inicial nessa área seria em média de R$ 1.200.

Porém, ela tem um filho, aluguel, hipoteca da casa, prestação do carro, precisa comprar comida, ter um plano de saúde… é tanta conta para pagar que você logo percebe que será impossível sustentar uma família com R$ 1.200.

99% das vezes, as pessoas tendem a abrir de fazer o amam, para fazer algo que dará o seu sustento – ou o sustento de sua família.

Talvez o nosso jornalista do caso acima, fosse um moleque que já brincava de entrevistar pessoas desde criança. Ele aprendeu a ler e a escrever bem sendo e sempre teve gosto por ler os jornal diário. Afinal, ele tem tudo o que é necessário para ser um bom jornalista: escreve bem, sabe abordar fontes, entende sua função como comunicador.

Mas, a perspectiva de ganhos muito baixos o fez deixar de lado a carreira jornalística para ser, quem sabe, vendedor.

E se essa fosse a posição que ele conseguiu para pagar uns R$ 2 mil que ele precisa para sustentar o seu estilo de vida… e o de sua família.

Se for isso, o mundo perdeu um grande jornalista…

 

O Estilo de Vida que gostaria de ter

Quando as pessoas abrem mão desse sentimento por dinheiro, é aí que encontramos pessoas que não são felizes no que fazem – talvez até, pessoas que se sentem pobres, apesar daquilo que conquistaram com o dinheiro.

O nosso amigo jornalista, agora vendedor, possui o estilo de vida ideal para sustentar a sua família.

Mas, não o estilo de vida que ela gostaria de ter.

Todas as pessoas nascem com esse fogo, essa centelha: uma vontade de fazer algo, trabalhar com algo ou seguir um padrão de vida sonhado desde pequeno. Quando as pessoas abrem mão desse sentimento por dinheiro, é aí que encontramos pessoas que não são felizes no que fazem – talvez até, pessoas que se sentem pobres, apesar daquilo que conquistaram com o dinheiro.

Notamos isso na falta de brilho no olho ao falarem sobre aquilo que fazem.

 

Eu quero ser um Novo Rico!

Você pode trabalhar com o que ama e ter um negócio que financia o estilo de vida que sempre quis ter. E eu vou te ensinar como.

Bom.

 

photo-1423483641154-5411ec9c0ddfA grande novidade é que existe uma alternativa para o nosso jornalista. Uma nova maneira de pensar: ele pode ter um negócio ou uma fonte de renda que pague os R$ 2 mil que precisa. E aí não precisa trabalhar com o que não gosta.

Você pode trabalhar com o que ama e ter um negócio que financia o estilo de vida que sempre quis ter.

E eu vou te ensinar como.

Esse conhecimento não veio de minha família. Mas claro que isso não é culpa de meu pai, minha mãe, meus professores ou amigos. Esse tipo de visão, tive graças a um livro – no caso foi o do Tim Ferriss -, mas nós não podemos fazer algo que nunca vimos.

Algo que nós nunca imaginamos na vida.

Alguém geralmente tem que fazer, para nos fazer acordar de que aquilo é possível. E aí nós começamos a correr atrás e tentamos fazer também.

Eu fiz isso quando minha empresa estava extremamente estressante.

Nós montamos um negócio paralelo, digital (pela internet) e aquele negócio foi progredindo, progredindo e hoje ele é nosso principal negócio.

Nossa equipe reduziu de 30 para 6 pessoas fixas. Que trabalham fixas na empresa e para aquelas 6 pessoas, estamos focando em negócios digitais diferentes.

Eu trabalho com internet a mais de 15 anos e com negócios digitais desde 2005, e vi muitos modelos de negócios!

Em 2008 pude investir pesado para criar um. E até hoje pude testar pelo menos uns 25 modelos de negócios diferentes. Todos eles são chamados de negócios digitais, negócios online, porque eles têm a ver com a internet e a minha definição de um negócio online é…

 

“Ter uma informação que vale mais do que ouro”

É um negócio onde você tem uma informação pela qual as pessoas querem pagar e ele funciona 24 horas por dia.

Com isso, você quebra aquelas 3 amarras que historicamente um negócio da era industrial tem: localização física, horário e necessidade dos clientes passarem na frente.

  • Localização Privilegiada: com um negócio online hoje, as pessoas encontram você. Não precisa correr atrás delas.
  • Localização Física: você pode compartilhar informação e agregar ao seu produto em qualquer lugar do mundo. Então, em qualquer hora. Não importa o horário em que você vai colocar informação ali dentro.
  • Caixa: E em terceiro lugar, com os cartões de crédito e os serviços que a gente tem como Paypal, PagSeguro e vários processamentos de pagamento hoje, você pode receber dinheiro de qualquer lugar do mundo em segundos e ele está na sua conta bancária.

 

E agora… É  sua vez de ser um Novo Rico

Se você tem interesse de ter um negócio para sustentar o estilo de vida que sempre quis…

É por isso que nos últimos 6 meses eu tomei para mim a tarefa de ensinar uma próxima geração de Novos Ricos. Não somente aqueles que em um futuro próximo irão trabalhar apenas 4 horas por semana em qualquer lugar do planeta. Mas também aqueles que desejam empreender no mercado digital!

E eu reuni todo esse conhecimento em uma série de 14 vídeos que podem ser assistidos de grança nesse link. Em cada um deles, eu falo sobre varias facetas diferentes e potenciais que farão você ganhar até R$ 9 mil, dedicando o mínimo possível do seu tempo!

6108b580

Se você tem interesse de ter um negócio para sustentar o estilo de vida que sempre quis (não aquele que você precisa, mas aquele que sempre quis), você precisa ver essa sequência de 14 vídeos que preparamos.

E para assistir aos vídeos, que são semelhantes a esse primeiro acima, você só precisará fazer 2 coisinhas, 2 favores na verdade:

1º Você precisa clicar nesse link e registrar o seu e-mail para podermos te enviar os vídeos.

2º Se quiser, pode compartilhar esse link com seus amigos nas redes sociais. De preferência, marque uma pessoa que vá se beneficiar com um empreendimento digital.

Quem sabe daqui a 1 ano, a gente vai estar conversando de novo e você estará vivendo a vida que sempre quis.

E não a vida que você tem que viver.

banner M10x

Previous post

Como Aumentar Sua Produtividade – A Arte de Terminar as Coisas

Next post

Supercast 01 - Como Sair do Zero E Ter Um Dos Maiores Eventos de Social Media Do Brasil

Pedro Superti

Pedro Superti

Pedro Superti é a maior autoridade em Marketing de Diferenciação do Brasil. Já ajudou mais de 400 marcas a venderem R$300 milhões e tornarem-se líderes de seus segmentos usando estratégias de diferenciação. Além de empresário e palestrante, possui diversos treinamentos e métodos que podem levar seu negócio para o próximo nível de posicionamento. Saiba mais neste blog!

1 Comment

  1. 13/05/2015 at 11:52 AM

    Excelente artigo!